PUBLICIDADE

10 Animais da vida real que Inspiraram Pokémons!

segunda-feira, 30 de junho de 2014

1 – Anorith (Anomolocaris)

Reprodução/Brasil Post
 Este Pokémon fóssil da terceira geração é inspirado nos animais do gêneroAnomalocaris – artrópodes extintos que viveram há 500 milhões de anos durante o período Cambriano. Uma curiosidade: o nome Anomolocaris significa “camarão estranho”.


2 – Kabuto (Trilobita)

Reprodução/Brasil Post
Assim como os Anomolocaris, os artrópodes da classe Trilobita também viveram no período Cambriano. Estes animais marinhos deram origem ao Kabuto, um dos pokémons pré-históricos da primeira geração de monstrinhos

3 – Arbok (Naja)

Reprodução/Brasil Post
Muita gente já deve ter percebido que Arbok ao contrário é Kobra, tornando ainda mais óbvia a inspiração para o pokémon de Jessie, treinadora da equipe Rocket. No entanto, talvez nem todos tenham saibam que o pescoço alongado é uma referência às cobras do gênero Naja. Assim como na série, as cobras da vida real são bastante venenosas.

4 – Charmander (Salamandra)

Reprodução/ Brasil Post
Talvez um dos pokémons mais populares juntamente com a sua cauda flamejante, o Charmander era um dos três iniciais disponíveis na primeira geração de jogos da GameFreak. Inspirado nas salamandras, a escolha do tipo do monstrinho provavelmente aconteceu porque uma antiga crença dizia que os animais eram imunes ao fogo.

5 – Drowzee (Anta)

Reprodução/Brasil Post
Drowzee é inspirado não apenas nas antas, mas em seres da mitologia japonesa semelhantes a estes animais: os baku. De acordo com a tradição japonesa, estes espíritos são capazes de devorar os sonhos alheios da mesma maneira que o pokémon.

6 – Furret (Furão)

Reprodução/Brasil Post
Introduzidos na segunda geração de pokémons, os Furrets são claramente inspirados em furões, bastante populares como animais de estimação no Japão. Apesar disso, a domesticação do animal é bastante controversa em outras partes do mundo. No Japão, a região de Hokkaido exige que os animais sejam registrados. Já em outros lugares, como na Nova Zelândia e alguns estados e cidades dos Estados Unidos, a domesticação do furão é proibida por lei.

7 – Lanturn (Peixes Lophiiformes)

Reprodução/Brasil Post
Habitantes das regiões abissais dos oceanos (entre 4 a 6 mil metros), os peixes da ordem Pophiiformes são famosos pela sua antena bioluminescente utilizada para atrair presas e parceiros na escuridão das profundezas do mar. A versão deles de Pokémon, no entanto, é muito mais simpática.

8 – Mew (Gatos Sphinx)

Reprodução/Brasil Post
Apesar de não ser confirmado, o Pokémon Lendário da primeira geração tem uma grande semelhança com os gatos da raça Sphynx (conhecidos pela ausência de pelos). Outra possível dica é o seu nome – uma das onomatopeias usadas para o miado dos gatos. Apesar de sua importância, o Pokémon foi criado apenas duas semanas antes do fim do desenvolvimento do primeiro game, como revelou o produtor Shigeru Miyamoto em uma entrevista à revista Nintendo Power.

9 – Sandslash (Pangolim)

Reprodução/Brasil Post
Naturais da Ásia e da África, os pangolins são mamíferos que contam o corpo coberto por grandes escamas, da mesma maneira que o pokémon de terra da primeira geração. Assim como os tatus (seus parentes distantes), estes animais costumam se enrolar para se defender do ataque de predadores.

10 – Yanma (Libélula)

Outro pokémon conhecido por ser utilizado pela treinadora Jessie, da Equipe Rocket, o Yanma é provavelmente um dos monstrinhos com os nomes mais literais da série, uma vez que o seu nome é baseado na palavra em japonês para “grande libélula”.

fonte: Megacurioso

0 Curiosos:

Postar um comentário