PUBLICIDADE

Os 5 Maiores Assassinos do Mundo!

terça-feira, 27 de maio de 2014

5- Daniel Barbosa
Vítimas: 71-150
Nascido na Colômbia, o serial killler Daniel Camargo Barbosa foi preso pela primeira vez em 1964, e condenado por abusar sexualmente de dez mulheres. Depois de 8 anos na prisão, foi solto. A grande onda de mortes, que o tornaria conhecido como El sádico del Chanquito, aconteceu entre os anos de 1984 e 1986. Ele admitiu ser responsável pelo assassinato de ao menos 71 garotas e mulheres durante o período, mas autoridades estimam que ele pode ter matado até 150 pessoas. Condenado em 1989 a 16 anos na prisão, pena máxima do sistema penal equatoriano, ele foi morto na prisão em 1994 pelo primo de uma de suas vítimas.



4- Elizabeth Báthory
Vítimas: 80-650+
Elizabeth Báthory tinha sangue azul, mas curtia ver o sangue vermelho jorrar.  A húngara foi acusada de torturar e matar 80 garotas, com a ajuda de quatro pessoas. Mas registros indicam que 650 cabeças de jovens donzelas rolaram por causa da condessa.
Elizabeth nunca foi sequer julgada. Mas, em 1610, a condessa foi submetida a uma espécie de “prisão domiciliar” em um castelo na Eslováquia. E ficou lá até morrer, quatro anos mais tarde. Quer saber o pior? Tempos depois, foram encontrados textos que diziam com todas as letras que a condessa matava garotinhas porque – atenção! – gostava de se banhar no sangue de moças virgens para manter a sua juventude. Ai, se algumas celebridades brasileiras descobrirem esse segredo de beleza…


3- Pedro López
Vítimas: 110-300+
Também colombiano, o Monstro dos Andes Pedro Alonso Lopez confessou ter matado 110 meninas no Equador, 100 na Colômbia e “bem mais de uma centena” no Peru. Todas suas vítimas eram garotas com idade entre entre 9 e 12 anos. Preso em 1980, e condenado apenas pelos assassinatos das 110 jovens equatorianas em 1983, ele foi solto em 1998.


2- Thug Behram
Vítimas: 125-900+
Os dados divergem. Apesar de ser considerado um dos mais mortais serial killers de todos os tempos, com 931 estrangulamentos em seu currículo, o livro Thug: The True Story of India’s Murderous Cult aponta que o indiano Thug Behram teria sido responsável por “apenas” 125 destes assassinatos. Seus crimes (inegavelmente numerosos) foram cometidos entre os anos de 1790 e 1840.


1- Luis Garavito
Vítimas: 138-400+
Conhecido como La Bestia, o assassino colombiano Luis Alfredo Garavito Cubillos admitiu ter matado e estuprado mais de 130 jovens garotos na década de 1990. Estima-se, no entanto, que o número total de suas vítimas pode ultrapassar 400. Preso em 22 de abril de 1999, e condenado por 139 dos assassinatos, recebeu uma pena de a 1.853 anos e 9 dias na prisão. Mas, na prática, será liberado do cárcere ainda neste milênio: devido às leis do sistema penal colombiano, ele só pode passar 30 anos atrás das grades. Além disso, como colaborou no caso, sua pena foi reduzida para 22 anos.

1 Curiosos:

Anônimo disse...

no caso de luis garavito alguma cemelhança como nosso BRASIL?

Postar um comentário