PUBLICIDADE

5 Animais Extintos que podem voltar a Vida!

segunda-feira, 31 de março de 2014

Qual um Animal é extinto , não volta mais a existir por conta própria. Mas tem técnicas de clonagem, que podem ser aproveitadas de seu DNA de um  Fóssil ou esqueleto bem preservado!
Abaixo vamos mostrar os esqueletos com mais chances de fazer uma Clonagem!


Tigre Dentes de Sabre
 Foi  extinto a 10 mil anos atrás!, caçava no continente americano, mas mudanças climáticas e caça predatória por humanos o levaram à extinção. Hoje existem Fósseis preservados que foram encontrados na Califórnia para um Projeto de desextinção! 

Mamute
Entre 3 à 10 Mil anos Atras , o mamute entrou em extinção, as possíveis causas foram a mudança no clima e a caça! Em  Março de 2012 cientistas da Rússia e da Coreia do sul anunciaram uma parceria para uma clonagem , e gerar um individuo vivo!


Quagga
Foi extinto a 120 anos atrás , durante o atual Holoceno nos prados da Africa do sul.
É uma subespécie da Zebra, em 1987, começou  projeto Quagga, para trazer de volta de extinção. Através de reprodução seletiva das Zebras Comum!


Tigre da Tasmânia
Era uma marsupial que vivia na Austrália, Nova Guiné e Tasmania, Foi extinto a 84 anos atrás. Será difícil clonar o Tigre da Tasmânia porque ele é muito diferente de seus parentes mais próximos nos dias de hoje o Demônio da Tasmânia e o Numbat, oque dificulta a analise genética!


Dodô
Foi representado no Filme ''Alice no pais das maravilhas'', Dodô era uma ave que vivia nas ilhas Mauricio no Oceano Indico, está extinto há 352 anos. Mas tem uma vantagem , já que tem exemplares deles nos museus. 
Uma grande chance de fornecer o DNA perfeito para uma possível clonagem!

1 Curiosos:

Rafael disse...

Todo dia, morre centenas de milhares de pessoas , ricos ou pobres, de cancer.
E estes imbecis, ficam gastando milhares e milhares de dólares ou qualquer outra moeda, em pesquisas idiotas como esta.Sem contar a estupidez humana, que esta acabando com centenas de milhares de especies na natureza. O ser humano, é imbecil por natureza, salvo raríssimas exceções.

Postar um comentário